segunda-feira, 8 de agosto de 2011

MICROSPORUM CANIS e outros fungos


Eita Dona onça,que isso?
Pois é amigos,isso é um fungo que acomete cães e gatos com mais freqüência. A sua transmissão ocorre pelo contato de pêlos e escamas infectadas ou de fungos presentes nos animais, ambiente, escovas, pentes, etc. Animais jovens, idosos e com deficiência imunológica são acometidos com mais freqüência. Os gatos podem ser portadores desses fungos e não apresentar sintomas. Nesse caso podem ser fontes de infecção para outros animais ou até para o homem.

As lesões normalmente são circulares, com queda de pêlos, inflamação e descamação. Pode ou não haver coceira. Entretanto, as lesões podem se apresentar de formas diversas, tornando o diagnóstico clínico muito difícil. Por isso, é necessária a realização de um tricograma (exame dos pêlos no microscópio) e de cultura fúngica.

Em cães, as lesões solitárias podem ser tratadas com medicamentos tópicos. Se o animal apresentar diversos focos de lesão é preciso entrar com medicamentos orais. Os gatos devem sempre ser tratados com medicamentos orais. Se um gato não apresentar sintomas e outro animal, do mesmo ambiente, for diagnosticado com esse fungo, ambos deverão ser tratados.

É muito importante o tratamento do ambiente, pois os esporos podem ficar na região e recontaminar o animal. Animais com pêlos longos devem ser tosados para que o tratamento tenha sucesso. Essa doença pode ser transmitida para o homem, e nesse caso é aconselhável procurar um médico para indicar o melhor tratamento.

Bem, a dica para a limpeza do ambiente você encontra aqui neste post e a dica para tratar de forma ecologicamente correta o animal eu vou escrever agora ok?
ÓLEO ESSENCIAL TEA TREE !!!
Pessoas o Tea Tree é maravilhoso para tratamento auxiliar nos casos de infestação severa na pele do cão e até mesmo sozinho quando se trata de uma infeccção fúngica local,(aquela rodinha sem pelo que citei acima).
Como usar?
Simples,lave o local com um sabonete neutro,enxague,seque bem e com uma gaze aplique o óleo Tea Tree (3 gts diluídas em 100 ml de água filtrada) em cima da rodinha sem pelos,entendeu?
Não aplique puro sem diluição.
Você vai fazer esse procedimento em dias alternados até resolver o problema que não demora taaaaanto assim rsrsrs...
Agora vou postar aqui quais fungos o Tea Tree dá conta ok?
Trichophyton mentagrophytes
Trichophyton rubrum
Aspergillus niger
Aspergillus flavus
Candida albicans
Microsporum canis
Microsporum gypseum
Thermoactinomycetes vulgarus
E quem garante isso é o Fabian László Flégner - Prof. e pesquisador de óleos essenciais
Fonte: Enciclopédia de Fitoaromaterapia - Prof. Fabian
László - BH - MG -
Legal né pessoas?


Você pode encontrar mais iformações em http://www.novaera.org/saude/teaTree.htm

Obs:Os artigos de saúde neste blog não foram escritos por um veterinário e não deve ser considerado um substituto para uma visita de médico veterinário. Os artigos são fornecidos apenas para fins informativos

Morgana e Jamanta deixam mil lambeijos a todos e dizem: Ecaaaa fungo ninguém merece!
rsrsrsr

Um comentário:

Anônimo disse...

Ola! gostaria de saber onde devo encontrar o oleo tea tree ? me respondam por favor se possivel no meu email: hl_tenorio@hotmail.com